Futebolistas Filantrópicos: O Quadro Completo

O jogador de futebol do Manchester United, Juan Mata, apareceu nas manchetes quando prometeu doar 1% de seu rendimento para a caridade. Tem sido considerado “o cara mais legal do futebol” o que pode bem ser verdade. Estima-se que o salário de Mata seja cerca de 7 milhões de Libras por ano, o que, a ser exato, faria com que sua doação fosse de 70 000 Libras por ano. Certamente uma bênção para os cofres de caridade.

Anúncios

Quão rico você é?

Todos sabemos que existem grandes diferenças entre os mais ricos e os mais pobres do planeta, mas entre os 1% mais ricos e os cerca de 800 milhões morrendo de fome, em que posição estamos? Poucos sabem em que lugar do quadro socio-econômico realmente estão, senão por uma vaga noção de classe média. Diante disso…

Quanto custa acabar com a pobreza?

Causa certa indignação quando lemos notícias trazendo dados como estes em que as 85 pessoas mais ricas do mundo controlam uma riqueza equivalente à da metade da população mundial. É perturbador pensar que um grupo vive no luxo e desperdiça enquanto bilhões de pessoas morrem de fome. Estatísticas como estas podem nos levar a entender que essas…

História de Sucesso: Seva Foundation

A cada 5 segundos, alguém fica cego. 80% dessas cegueiras são evitáveis ou curáveis. Datso tem 12 anos e vive no Tibete com sua a família e o seu irmãozinho recém-nascido, mas Datso não é como as outras crianças de 12 anos de idade. Ela está triste a maior parte do tempo, porque as cataratas…

História de Sucesso: a GiveDirectly

Este mês, estamos animados por apresentar um post de nossa convidada Joy Sun da GiveDirectly. A GiveDirectly é pioneira em transformar a nossa forma de pensar sobre como investir no bem-estar das pessoas mais pobres do mundo. Mais importante ainda, a GiveDirectly procura mudar a forma como o público entende o que constitui o trabalho eficaz e bem sucedido…

Experimentos sociais no combate à pobreza

A economista francesa, Esther Duflo fala em sua palestra TED sobre como experimentos sociais podem nos ajudar no combate à pobreza. Mais do que boas intenções ela propõe que as ações sociais sejam acompanhadas com o mesmo rigor científico com que acompanhamos o desenvolvimento de novas tecnologias e remédios e que só assim poderemos ter certeza…