Relatório sobre a eficácia de protestos

Protestos são uma forma de intervenção frequentemente usada na defesa dos animais. Estimamos que entre 40 e 80 protestos pela defesa dos animais ocorram a cada semana apenas nos EUA. Apesar de sua predominância, o propósito e os efeitos de protestos não são bem compreendidos. Um equívoco comum é pensar que com os protestos se pretende mudar a opinião pública; na verdade, organizadores frequentemente relatam que com os protestos se pretende interromper o atual estado de coisas a fim de estimular mais mudanças sistêmicas.

Quer fazer o bem? Veja como escolher uma área em que se possa concentrar

Se você quiser fazer a diferença em sua carreira, um dos pontos de partida é perguntar-se quais são os problemas globais que mais precisam de atenção. Você deveria trabalhar em educação, mudanças climáticas, pobreza ou outra coisa?

O conselho comum é fazer o que mais lhe interessa… O problema com essa abordagem é que você pode se deparar com uma área que não é suficientemente ampla, importante ou na qual seja fácil de progredir.

Domar os monstros do amanhã

O filósofo Nick Bostrom acredita que é perfeitamente possível que a inteligência artificial (IA) possa levar à extinção do Homo sapiens . Em seu best-seller de 2014, Superintelligence: Paths, Dangers, Strategies, Bostrom retrata um cenário sombrio no qual os pesquisadores criam uma máquina capaz de se aperfeiçoar a si mesma progressivamente. Em algum momento, ela aprende a ganhar dinheiro com transações on-line e começa a comprar bens e serviços no mundo real. Usando DNA encomendado por correio, cria nanossistemas simples que, por sua vez, criam sistemas mais complexos, dando-lhe cada vez mais capacidade de moldar o mundo.