Quais são os problemas morais mais importantes do nosso tempo?

De todos os problemas que a humanidade enfrenta, em quais devemos concentrar-nos para resolver primeiro? Numa palestra convincente sobre como tornar o mundo melhor, o filósofo moral Will MacAskill apresenta um enquadramento para responder a essa questão com base na filosofia do “altruísmo eficaz” ‒ e partilha ideias para enfrentar três questões globais prementes.

A Filosofia Central do Altruísmo Eficaz

O meu objectivo: desenvolver uma visão sobre como devemos entender os compromissos centrais do AE, à luz dos desafios apresentados pelo objectivo de construir um movimento social.

A minha visão: O AE pode ser bastante ecuménico face a uma série de questões na teoria moral e política sobre as quais existe discordância filosófica substancial, mas deve adoptar posições controversas sobre algumas questões-chave.

Calcular o que não se pode saber: uma entrevista com James Snowden da GiveWell

Qual é o valor de se prevenir a morte de uma criança de 5 anos, em comparação com alguém de 20 anos, ou de 80 anos?

A comunidade de saúde global geralmente considera o valor como sendo proporcional ao número de anos de vida ajustados à saúde que a pessoa ainda terá – mas a GiveWell, uma das avaliadoras de instituições de caridade mais importantes do mundo, já não usa essa abordagem.

Saúde global: expansão ou desolação?

Guerra, doença, fome, morte… as notícias estão cheias de histórias de horror e é fácil pensar que o mundo está a ruir ao nosso redor.

Mas a verdade é muito diferente. Enquanto os jornalistas se concentram, e com razão, nos vários eventos e nos riscos terríveis que enfrentamos, o quadro geral em termos de saúde e segurança humanas é de constante e, muitas vezes, dramática melhoria.

Como podemos incentivar doações mais eficazes?

O Dr. Stefan Schubert fala sobre a PSICOLOGIA DO ALTRUÍSMO EFICAZ. As pessoas dão muito dinheiro à caridade, mas muitas vezes não escolhem apoiar as intervenções mais eficazes.Será que os doadores se importam muito com o impacto? Se for esse o caso, como podemos ajudá-los a doar com mais eficácia? Nesta palestra da EA Global 2018 em São Francisco, Stefan Schubert descreve descobertas recentes de pesquisas que ajudam a esclarecer essas questões.

Governos deveriam agir altruisticamente?

Normalmente falamos de altruísmo para qualificar ações de indivíduos ou organizações. A proposta aqui será de verificar se é possível, desejável, e em quais situações governos deveriam agir de maneira altruísta. O primeiro passo será definir o critério para se julgar uma ação governamental como altruísta. Para tanto, convém começar pelo caso mais aceitável de altruísmo em indivíduos.