O Ponto Crucial da História

Os perigos de tratar os riscos de extinção como uma preocupação predominante da humanidade deveriam ser óbvios. Ver os problemas actuais na óptica dos riscos existenciais da nossa espécie pode reduzir esses problemas actuais a quase nada, ao mesmo tempo que se justifica quase tudo o que aumente as nossas probabilidades de sobreviver o tempo suficiente para nos propagarmos muito para lá da Terra.

Variantes de Covid-19: Temos de vacinar o mundo para evitar variantes mais perigosas.

A variante delta mudou a luta contra a Covid-19 nos Estados Unidos. Antes de se ter alastrado, os casos encontravam-se em declínio acentuado, especialmente nas zonas do país com elevada vacinação. Começava a parecer que a maioria das pessoas vacinadas poderia esquecer tudo sobre a Covid-19 e voltar às suas vidas.

Agora, os casos atingiram um pico mesmo em áreas altamente vacinadas…

3 grandes ideias sobre o clima

O mais recente relatório do IPCC [Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas] defende que há aqui muito em jogo e que, se a humanidade não fizer nada para enfrentar a crise climática, estaremos numa trajectória que irá custar milhões, talvez centenas de milhões de vidas.
Há soluções que sabemos que irão funcionar e que já estão misturadas com o discurso dominante acerca do clima já há algum tempo […] Mas também deveríamos estar a lançar as bases para algumas apostas maiores.

Razões para a Vacinação ser Obrigatória

Brytney Cobia publicou recentemente no Facebook o seguinte relato das suas experiências a trabalhar como médica: “Estou a dar entrada no hospital de jovens saudáveis com infecções muito graves de COVID. Uma das últimas coisas que fazem antes de serem entubados é implorar-me pela vacina. Eu seguro-lhes a mão e digo-lhes que lamento, mas é demasiado tarde. Alguns dias depois quando anuncio a sua morte, abraço os seus familiares e digo-lhes que a melhor maneira de honrar o seu ente querido é serem vacinados e encorajarem todos os que conhecem a fazerem o mesmo.

Um olhar actualizado sobre os riscos da IA a longo termo

[O novo artigo] Em vez de fazer um questionário a todos os especialistas em IA, faz um questionário a pessoas que trabalham na “segurança e governação da IA”, ou seja, pessoas que já se preocupam com o facto de a IA ser potencialmente perigosa, e que dedicaram as suas carreiras a abordar esta questão. Como tal, estavam em média mais preocupadas do que as pessoas dos questionários anteriores, e deram uma probabilidade média de ~10% de catástrofe relacionada com a IA.