África, até agora, foi poupada do pior do coronavírus. Isso pode mudar em breve.

O continente africano é extremamente vulnerável a um surto em larga escala do coronavírus, mas não apenas da maneira que se possa imaginar.
Os números mais baixos do que outros podem significar que as nações africanas agiram cedo para impedir um surto mais intenso, mas também que houve muito poucos testes nesse continente e que uma população jovem pode não sofrer tão visivelmente como sucede em lugares como a Europa. Por outras palavras, pode haver um surto maior que ainda não foi identificado oficialmente.

Como as nossas instituições de caridade recomendadas estão a lidar com a pandemia da COVID-19 — The Life You Can Save

A COVID-19 está a dominar a vida da maioria dos governos, organizações, empresas, famílias e indivíduos. Estão a perguntar à The Life You Can Save, como organização, se não defendemos formalmente a doação de dinheiro a grupos e indivíduos do mundo desenvolvido que lidem directamente com as consequências médicas e financeiras do vírus. A nossa resposta reside, em parte, nas estatísticas impressionantes com que as nossas organizações sem fins lucrativos recomendadas lidam todos os dias no mundo em desenvolvimento…

Nutrição Intelectual

O Dia Mundial da Alimentação foi na semana passada. A ideia de mandar os meus filhos para a escola sem comer algo de bom e saudável logo pela manhã me deixa algo assustada. Como se concentrariam? Como aprenderiam? Conseguiriam aguentar até à hora do recreio sem perder as forças?

No entanto, todos os dias, literalmente, milhões de crianças em todo o mundo aparecem na escola com o estômago vazio. Ou não aparecem de todo.

Uma instituição de caridade americana fez algo radical: perguntou aos destinatários para onde deveria ir o dinheiro

Caso faça doações para instituições de caridade, está implicitamente a fazer muitas escolhas difíceis sobre “pesos morais”.
1000 dólares que doa para um museu de arte são 1000 dólares que poderia doar para pesquisas médicas ou prevenção da malária. Quantas vidas uma instituição de caridade contra a malária pode salvar em comparação com uma que combate o cancro [Br. câncer]?

Notícias positivas, negativas e/ ou informativas?

A grande maioria das notícias que circulam são negativas. Um dos fatores dessa desproporção é que a comunicação se aproveita da nossa tendência a dar mais saliência ao que é negativo.

Em vista dessa desproporção, também já se tornou padrão reagir contra essa tendência ao divulgar notícias positivas. Na sequência apresento uma breve análise dos problemas de se focalizar em notícias negativas ou de se especializar em notícias positivas.

As Vidas Que Salvamos

Há uma década, escrevi A Vida Que Podemos Salvar: agir agora para pôr fim à pobreza no mundo. Este mês, uma edição totalmente revista comemorativa do décimo aniversário foi publicada e está disponível, gratuitamente, na sua versão digital e áudio. Os capítulos do audiolivro são lidos por celebridades, que incluem Paul Simon, Kristen Bell, Stephen Fry, Natalia Vodianova, Shabana Azmi e Nicholas D’Agosto.

Parabéns a Esther Duflo, Michael Kremer e Abhijit Banerjee pelo Prêmio Nobel

A Evidence Action felicita calorosamente Michael Kremer, Esther Duflo e Abhijit Banerjee por terem recebido recentemente o Prêmio Nobel de Ciências Econômicas. A nossa organização muito lhes deve pela sua pesquisa inovadora e o seu compromisso para compreender, com clareza científica, o que funciona (e não funciona) para melhorar a vida das pessoas mais pobres em todo o mundo.