Os Efeitos da Mudança de Perspectiva no nosso Comportamento Altruísta: Uma primeira análise em filosofia experimental.

Em uma postagem anterior, eu compartilhei os primeiros resultados de um estudo de filosofia experimental que tenta mapear a eficácia de diferentes estímulos para convencer as pessoas a fazer doações. […] Uma segunda fase exploratória consiste em examinar as razões oferecidas pelos participantes da condição relativa ao raciocínio virtuoso. Este ensaio apresenta as primeiras reflexões sobre essa exploração.

Os nossos critérios para as instituições de caridade principais

A GiveWell tenta ajudar os doadores a fazer o maior bem possível com cada dólar que estes doam. O nosso objectivo é encontrar excelentes oportunidades de doação e publicar os detalhes completos da nossa análise para ajudar os doadores a decidir para onde doar. Não pretendemos classificar todas as instituições de caridade, mas sim encontrar aquelas que consideramos que maximizam o impacto de doações adicionais em termos de vidas salvas ou melhoradas.

A falta de controvérsia sobre uma ajuda bem orientada

Há uma série de debates públicos de grande visibilidade sobre o valor da ajuda externa […] geralmente têm pessoas inteligentes e argumentos de ambos os lados, e a pergunta “A ajuda funciona?” é complexa e não tem uma resposta simples.

No entanto, acreditamos que estes debates são por vezes mal interpretados, causando confusão e preocupação desnecessárias.

Estamos em triagem a cada segundo de cada dia

Gostei bastante do episódio “Fazer o papel de Deus” do RadioLab.

O tema é a triagem, a prática de atribuir prioridade a diferentes pacientes na medicina de emergência. Por extensão, a triagem significa racionar recursos escassos. O episódio trata a triagem como um fenómeno raro – de facto, sugere que os protocolos de triagem médica só foram levados muito a sério nos EUA depois do Furacão Katrina – mas a triagem não é de todo um fenómeno raro. Estamos a fazer triagem em cada decisão que tomamos.