“Longotermismo”

Até há pouco tempo, não havia um nome para o conjunto de pontos de vista que envolve a preocupação em garantir que o futuro a longo prazo corra o melhor possível. A linguagem mais comum para nos referirmos a esse conjunto de pontos de vista era apenas dizer algo como “pessoas interessadas na redução dos riscos-x”.
Em Outubro de 2017, propus o termo “longotermismo”…

As empresas vão honrar o seu compromisso tornando-se livres de gaiolas?

Os defensores da causa animal garantiram compromissos de mais de 300 empresas de alimentos nos EUA para eliminar as gaiolas em bateria para mais de 240 milhões de galinhas em suas cadeias de fornecimento até 2025 (e mais de 800 compromissos de companhias não americanas).
O Washington Post em 2016 declarou uma “vitória para o movimento do bem-estar animal”, observando que até mesmo os produtores de ovos pensam que um “futuro livre de gaiolas é um fato consumado”.
Mas isso só se aplica se as empresas honrarem os seus compromissos.

O que faz com que uma instituição de caridade seja eficaz?

Quando damos dinheiro a uma instituição de caridade, assumimos que o dinheiro será usado para fazer o bem. Mas nem sempre é assim. Algumas instituições de caridade conseguem fazer muito pouco; algumas podem até causar danos não intencionais.
O que torna uma instituição de caridade eficaz, como sabemos se é eficaz e como podemos usar essas informações para orientar as nossas doações?

Definir o Altruísmo Eficaz

O altruísmo eficaz ainda é bastante mal compreendido nos meios académicos, por isso aproveitei a oportunidade para escrever o que penso sobre como o altruísmo eficaz deveria ser definido e porquê, e para responder a alguns dos equívocos mais comuns sobre o altruísmo eficaz. Espero que havendo uma definição precisa também ajude a evitar futuras diluições ou desvios do conceito, ou confusão sobre aquilo que é o altruísmo eficaz.

Nenhuma Temporada Improdutiva?

Sweatshop é um termo aplicado para se referir a todo tipo de trabalho extenuante em uma linha de produção com condições severas para os trabalhadores.
A situação gera um dilema porque, por um lado, as condições em que os empregados trabalham são péssimas, mas, por outro lado, essas fábricas parecem trazer algum bem tanto no nível individual quanto no coletivo. Porém, os resultados [de estudos] foram bem diferentes.