Será que a caridade pelos pobres é inútil?

Num artigo publicado no mês passado no The Guardian, 15 economistas – incluindo os premiados com o Nobel Angus Deaton, James Heckman e Joseph Stiglitz – criticaram o que eles chamam de “a moda da «eficácia da ajuda»”, alegando que isso nos leva a ignorar as causas de raiz da pobreza global.

Defendo a avaliação da eficácia da ajuda e o fornecimento de recursos para intervenções que se mostrem altamente custo-eficazes. Para esse fim, fundei a The Life You Can Save, uma organização que reúne evidências sobre quais são as instituições de caridade que proporcionam aos doadores o maior impacto por cada dólar e incentiva as pessoas para que lhes façam donativos.