Fundamentos para considerar a Inteligência Artificial (IA) como uma ameaça séria à humanidade (parte 2 de 2)

Stephen Hawking disse: “O desenvolvimento da inteligência artificial completa poderá significar o fim da espécie humana”. Elon Musk afirma que a IA é a maior ameaça existencial à humanidade.

Isso pode fazer com que as pessoas se perguntem: espere aí, como? Mas essas grandes preocupações estão enraizadas na pesquisa.

Anúncios

Fundamentos para considerar a Inteligência Artificial (IA) como uma ameaça séria à humanidade (parte 1 de 2)

Stephen Hawking disse: “O desenvolvimento da inteligência artificial completa poderá significar o fim da espécie humana”. Elon Musk afirma que a IA é a maior ameaça existencial à humanidade.

Isso pode fazer com que as pessoas se perguntem: espere aí, como? Mas essas grandes preocupações estão enraizadas na pesquisa.

69 coisas que podem ser de financiamento bastante eficaz (parte 2 de 2)

Abaixo listo 69 oportunidades de financiamento bastante eficazes. Essas oportunidades de financiamento têm a capacidade de absorver uma quantidade razoável de dinheiro de forma eficaz marginalmente (na ordem de dezenas a centenas de milhares de dólares), porque mesmo que haja retornos decrescentes à medida que o financiamento aumenta, a princípio haverá retornos crescentes e retornos constantes em função da escala…

69 coisas que podem ser de financiamento bastante eficaz (parte 1 de 2)

Abaixo listo 69 oportunidades de financiamento bastante eficazes. Essas oportunidades de financiamento têm a capacidade de absorver uma quantidade razoável de dinheiro de forma eficaz marginalmente (na ordem de dezenas a centenas de milhares de dólares), porque mesmo que haja retornos decrescentes à medida que o financiamento aumenta, a princípio haverá retornos crescentes e retornos constantes em função da escala…

O “altruísmo eficaz” poderá maximizar o impacto de cada dólar na caridade?

Aqueles que doam a instituições de caridade raramente fazem o tipo de cálculo de custo-benefício que os investidores, por exemplo, considerariam obrigatório. Por isso, as instituições de caridade atraem doações com fotografias de crianças de sorriso desdentado, em vez de registos de cálculos que mostrem como realmente gastam o seu dinheiro. Falar ao coração, no entanto, pouco contribui para dissipar as dúvidas dos economistas cépticos sobre a eficácia da caridade.
No entanto, os avanços na ciência social, particularmente na economia do desenvolvimento, significam que os doadores agora podem ter uma ideia razoavelmente boa daquilo que poderá render cada dólar.

Domar os monstros do amanhã

O filósofo Nick Bostrom acredita que é perfeitamente possível que a inteligência artificial (IA) possa levar à extinção do Homo sapiens . Em seu best-seller de 2014, Superintelligence: Paths, Dangers, Strategies, Bostrom retrata um cenário sombrio no qual os pesquisadores criam uma máquina capaz de se aperfeiçoar a si mesma progressivamente. Em algum momento, ela aprende a ganhar dinheiro com transações on-line e começa a comprar bens e serviços no mundo real. Usando DNA encomendado por correio, cria nanossistemas simples que, por sua vez, criam sistemas mais complexos, dando-lhe cada vez mais capacidade de moldar o mundo.