A falta de controvérsia sobre uma ajuda bem orientada

Há uma série de debates públicos de grande visibilidade sobre o valor da ajuda externa […] geralmente têm pessoas inteligentes e argumentos de ambos os lados, e a pergunta “A ajuda funciona?” é complexa e não tem uma resposta simples.

No entanto, acreditamos que estes debates são por vezes mal interpretados, causando confusão e preocupação desnecessárias.

Estamos em triagem a cada segundo de cada dia

Gostei bastante do episódio “Fazer o papel de Deus” do RadioLab.

O tema é a triagem, a prática de atribuir prioridade a diferentes pacientes na medicina de emergência. Por extensão, a triagem significa racionar recursos escassos. O episódio trata a triagem como um fenómeno raro – de facto, sugere que os protocolos de triagem médica só foram levados muito a sério nos EUA depois do Furacão Katrina – mas a triagem não é de todo um fenómeno raro. Estamos a fazer triagem em cada decisão que tomamos.

A vacina contra a malária de Oxford revela-se altamente eficaz num ensaio no Burkina Faso

Uma vacina contra a malária demonstrou ser altamente eficaz em ensaios em África, oferecendo a possibilidade real de reduzir o número de mortes de uma doença que mata 400 000, na sua maioria crianças pequenas, todos os anos.

A vacina, desenvolvida por cientistas do Instituto Jenner da Universidade de Oxford, mostrou uma eficácia que vai até 77%…

A vacina da malária não é muito eficaz. A tecnologia de RNA poderá mudar isso.

Caso se fosse nomear uma doença infecciosa como sendo “a pior do mundo”, a malária provavelmente seria uma das principais candidatas. Todos os anos, esta mata mais de 400 000 pessoas, a maioria delas são crianças. Houve um progresso significativo na luta contra a malária — antes da pandemia da Covid-19, duas décadas de trabalho de saúde pública reduziram as taxas de mortalidade para metade — mas ainda há um longo caminho a percorrer.

Qual será o caminho para finalmente controlar a situação na luta contra a malária?