Conselhos de carreira que eu gostaria de ter recebido quando era jovem

Um leitor que prefere permanecer anónimo — mas cuja carreira achamos que fez uma enorme quantidade de bem — enviou-nos esta lista de conselhos que ficou grato por ter recebido, ou que gostaria de ter recebido quando era mais jovem.

Pensamos que era muito interessante, incluindo aquilo em que não está exactamente alinhado com os nossos pontos de vista habituais, e por isso publicamos aqui com a sua permissão.

Anúncios

Calcular o que não se pode saber: uma entrevista com James Snowden da GiveWell

Qual é o valor de se prevenir a morte de uma criança de 5 anos, em comparação com alguém de 20 anos, ou de 80 anos?

A comunidade de saúde global geralmente considera o valor como sendo proporcional ao número de anos de vida ajustados à saúde que a pessoa ainda terá – mas a GiveWell, uma das avaliadoras de instituições de caridade mais importantes do mundo, já não usa essa abordagem.

Quer fazer o bem? Veja como escolher uma área em que se possa concentrar

Se você quiser fazer a diferença em sua carreira, um dos pontos de partida é perguntar-se quais são os problemas globais que mais precisam de atenção. Você deveria trabalhar em educação, mudanças climáticas, pobreza ou outra coisa?

O conselho comum é fazer o que mais lhe interessa… O problema com essa abordagem é que você pode se deparar com uma área que não é suficientemente ampla, importante ou na qual seja fácil de progredir.

Ide e fazei o maior bem

“E ide deste lugar com corações gratos, pagando as dádivas que aqui receberam usando as vossas mentes, vozes e mãos para fortalecer as vossas novas comunidades e o vosso mundo”. Estas foram as palavras que o presidente da Universidade de Yale, Peter Salovey, escolheu cuidadosamente para concluir o seu discurso da cerimônia de graduação de 2017.