Um resumo do altruísmo eficaz

Imaginemos que está a planear comprar um computador portátil novo — bem, como escolhe então esse portátil? Suponho que irá pesquisar um pouco sobre o assunto. É provável que compare algumas fontes diferentes, tentando encontrar um portátil que seja recomendado por algumas pessoas que respeita. Se é alguém que se preocupa, pode passar muitas horas ao longo da sua vida a tentar fazer do mundo um lugar melhor, ou mesmo a decidir a direcção de toda a sua carreira, com o objectivo de fazer do mundo um lugar melhor. Assim sendo, não será que deveria gastar pelo menos o valor do tempo e do esforço de descobrir um portátil para descobrir a melhor maneira de o fazer?

Conselhos para jovens idealistas: Encontrar uma causa sozinha

Como jornalista que não está muito afastado da sua juventude desperdiçada, recebo um número razoável de e-mails de leitores que, ou estão na faculdade ou são recém-formados, a pedirem conselhos sobre o que fazer com o resto das suas vidas. […] O mundo tem tantos problemas: pobreza e fome crónicas, tortura e abate em massa de animais, desastres climáticos contínuos e agravados, o surgimento de armas e doenças que podem acabar com a vida tal como a conhecemos. Caso se queira apenas fazer algo de bom, como devemos escolher?

Os problemas do longotermismo aplicados ao presente

Um dos esforços recentes do Altruísmo Eficaz tem sido o de divulgar a necessidade de se pensar sobre questões do futuro, como os riscos-existenciais e o longotermismo. Esse campo de investigação tem alguns tipos de problemas que guiam as discussões, entre eles, o problema do buraco negro, a parálise de decisão e a diversificação. A proposta deste texto será de apresentar esses problemas com o intuito de verificar se eles podem ajudar também na reflexão acerca das intervenções humanitárias que visam resolver problemas no presente.

Conselhos de carreira que eu gostaria de ter recebido quando era jovem

Um leitor que prefere permanecer anónimo — mas cuja carreira achamos que fez uma enorme quantidade de bem — enviou-nos esta lista de conselhos que ficou grato por ter recebido, ou que gostaria de ter recebido quando era mais jovem.

Pensamos que era muito interessante, incluindo aquilo em que não está exactamente alinhado com os nossos pontos de vista habituais, e por isso publicamos aqui com a sua permissão.