Conselhos sobre doações: Pecuária industrial, por que razão?

O sofrimento animal em nosso mundo é imenso e diversificado. Mas a magnitude do sofrimento causado ​​pelos seres humanos infligido aos animais da pecuária industrial, supera todas as outras categorias. Para cada cão ou gato submetido à eutanásia em um abrigo, cerca de 3 400 animais da pecuária são confinados e abatidos.

Anúncios

A psicologia do especismo: como privilegiamos certos animais em vez de outros

Nosso relacionamento com os animais é complexo. Há alguns animais que tratamos bem, cuidamos deles como animais de estimação, damo-lhes nomes e levamo-los ao veterinário quando estão doentes. Outros, em contraste, parecem não merecer esse estatuto privilegiado; são usados como objetos para consumo humano, no comércio, em experiências como sujeitos involuntários, como equipamentos industriais ou como fontes de entretenimento. Cães valem mais do que porcos, cavalos mais do que vacas, gatos mais do que ratos e, de longe, a espécie mais digna de todas é a nossa. Filósofas e filósofos têm-se referido a esse fenômeno de discriminar indivíduos com base na sua pertença a uma espécie como especismo (Singer, 1975). Algumas pessoas têm argumentado que o especismo é uma forma de preconceito análoga ao racismo ou ao sexismo.

Faz sentido ser especista e vegano?

Hoje em dia a maioria das pessoas concorda que não é correto infligir dor desnecessária em um animal. Por exemplo, esportes que requerem um tratamento cruel de animais como as touradas e as rinhas de cães ou galos são condenados pela opinião pública. Reconhecemos, portanto, (sem precisar sermos utilitaristas) a dor como um critério primordial…