O que o filósofo Peter Singer aprendeu em 45 anos defendendo os animais

Há quarenta e cinco anos, o filósofo australiano Peter Singer publicou o livro “Libertação Animal”. Os argumentos que apresentou – que os animais podem sofrer; que é moralmente errado infligir sofrimento extraordinário nos animais; e que, consequentemente, temos que repensar os nossos sistemas alimentares e da pecuária – são aqueles que muitos consumidores atuais já terão ouvido.
Agora, 45 anos depois, ele está revisitando o assunto em um novo livro…