A Gota no Oceano

O tamanho das injustiças sociais do mundo costuma provocar uma atitude de descrença face ao nosso impacto. Afinal de contas, o que é que eu, uma única pessoa e nada especial, poderia fazer? A gota no oceano é a imagem evocada para representar essa impotência de ações individuais.
No que se segue vamos analisar essa questão a partir do ponto de vista do indivíduo que não é um grande agente, a fim de ter uma visão mais clara do que podemos e do que devemos fazer enquanto gotas no oceano.

Presentes, deontologismo e consequencialismo

Atualmente duas das mais populares escolas de pensamento ético que podem ser colocadas como opostas são o deontologismo e o consequencialismo. Para o deontologismo (de δει que em grego quer dizer ‘ser necessário’) o que conta para se julgar uma ação como moral é a motivação do agente. Já um consequencialista se importa simplesmente com…