Anunciamos as nossas Recomendações de Instituições de Caridade de 2021 (Animal Charity Evaluators)

Todos os anos, os Animal Charity Evaluators (ACE) investem vários meses na avaliação de organizações de defesa dos animais para encontrar aquelas que estão trabalhando de forma eficaz e que são capazes de fazer o maior bem com doações adicionais. O nosso objetivo é ajudar as pessoas a ajudar os animais, proporcionando oportunidades de doação de impacto que reduzam o sofrimento o máximo possível. Este ano, temos o prazer de anunciar que selecionamos três como sendo as Melhores Instituições de Caridade:

3 grandes ideias sobre o clima

O mais recente relatório do IPCC [Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas] defende que há aqui muito em jogo e que, se a humanidade não fizer nada para enfrentar a crise climática, estaremos numa trajectória que irá custar milhões, talvez centenas de milhões de vidas.
Há soluções que sabemos que irão funcionar e que já estão misturadas com o discurso dominante acerca do clima já há algum tempo […] Mas também deveríamos estar a lançar as bases para algumas apostas maiores.

10 anos de progresso para os animais da pecuária

É difícil ser um defensor dos animais da pecuária. A maioria dos problemas do mundo — pobreza, guerra, doença — está diminuindo, mesmo que muito devagar. Mas a pecuária industrial está aumentando: o número de animais que sofrem na pecuária industrial em todo o mundo mais do que duplicou apenas nas últimas duas décadas.
Mas olhe mais de perto: o movimento de defesa dos animais da pecuária alcançou mais progresso na última década do que em todo o século anterior…

A carne cultivada pode salvar o planeta?

Mesmo que o mundo passasse para uma fonte de energia totalmente limpa e usasse essa energia limpa para carregar uma frota totalmente elétrica de carros, transportes públicos e de cargas, uma importante fonte de emissões de gases de efeito estufa continuaria a crescer: a carne.

A indústria da pecuária agora é responsável por cerca de 15% das emissões globais de gases de efeito estufa, aproximadamente o mesmo que as emissões dos tubos de escape de todos os veículos do mundo. Mas enquanto se pode esperar que as emissões dos veículos diminuam à medida que proliferam híbridos e veículos elétricos, prevê-se que o consumo global de carne seja 76% maior em 2050 do que nos últimos anos.