Eis porque estamos na melhor posição na História para fazer o bem

Em comparação com apenas há 200 anos, fizemos progressos extraordinários na nossa capacidade de ajudar os outros, mas os doadores de hoje em dia muitas vezes não aproveitam esta oportunidade em pleno. E isso é um enorme problema. Felizmente, podemos resolvê-lo, reconhecendo que estamos numa posição melhor para fazer o bem do que qualquer geração antes de nós, e depois passar à acção.

Como a pesquisa da GiveWell está a evoluir

Até hoje, a maior parte da capacidade de pesquisa da GiveWell tem-se concentrado em encontrar os programas de maior impacto entre aqueles cujos resultados podem ser medidos com rigor. Este trabalho levou-nos a recomendar e a direccionar várias centenas de milhões de dólares para instituições de caridade que melhoram a saúde, salvam vidas e aumentam o rendimento em países de baixos rendimentos.

69 coisas que podem ser de financiamento bastante eficaz (parte 2 de 2)

Abaixo listo 69 oportunidades de financiamento bastante eficazes. Essas oportunidades de financiamento têm a capacidade de absorver uma quantidade razoável de dinheiro de forma eficaz marginalmente (na ordem de dezenas a centenas de milhares de dólares), porque mesmo que haja retornos decrescentes à medida que o financiamento aumenta, a princípio haverá retornos crescentes e retornos constantes em função da escala…

69 coisas que podem ser de financiamento bastante eficaz (parte 1 de 2)

Abaixo listo 69 oportunidades de financiamento bastante eficazes. Essas oportunidades de financiamento têm a capacidade de absorver uma quantidade razoável de dinheiro de forma eficaz marginalmente (na ordem de dezenas a centenas de milhares de dólares), porque mesmo que haja retornos decrescentes à medida que o financiamento aumenta, a princípio haverá retornos crescentes e retornos constantes em função da escala…

Porque ainda faço donativos à Oxfam

Quando estou a considerar se devo comprar algo que quero, mas que realmente não preciso, às vezes tenho uma conversa imaginária. Com uma pessoa imaginária. Vamos chamar-lhe Daliya. Ela vive no distrito de Balaka no Malawi, no sudeste da África. Parte do dinheiro que dei à Against Malaria Foundation (AMF) ajudou a financiar as 235.000…