A política de mudanças climáticas com o maior potencial é a mais negligenciada

A extrema urgência da crise climática e a escala da tarefa a ser realizada revelam a resposta óbvia: precisamos tanto de implementação como de inovação.
Tenho pensado nisso devido a um novo relatório emitido por um grupo chamado Let’s Fund, que aplica os princípios do “altruísmo eficaz” a direcionar o dinheiro de doadores para boas causas.

Escolher Doar

Para muitos possíveis altruístas, a decisão mais difícil é a de escolher doar sequer.

Os números me transformaram em uma altruísta. Quando descobri que poderia, em vez de gastar minha exorbitante mensalidade da academia de ginástica (eu nem quero dizer quanto custava) para em vez disso curar a cegueira de pessoas, o único pensamento que tive foi: “Por que não fiz isso o tempo todo?” Essa pergunta mudou minha vida para sempre.

Quantas vidas é que vale Notre Dame?

Pouco mais de 24 horas após o incêndio que danificou seriamente a Notre-Dame de Paris, as doações para a reconstrução da catedral de 850 anos ultrapassaram 1 bilhão de euros (1,1 bilhão de dólares) [Pt. mil milhões de euros]. A maior parte deste dinheiro vem de algumas das pessoas mais ricas da França. […] o custo da reconstrução deve ficar entre 300 e 600 milhões de euros, muito menos do que o valor angariado.
Os manifestantes gilets jaunes (coletes amarelos) já levantaram a questão óbvia: “E os pobres?”

Minimalismo e Altruísmo Eficaz

O minimalismo significa que nos concentremos no que é mais importante para nós e na remoção de distrações desnecessárias. A ideia tem valor porque há tantas coisas que nos desviam do que realmente queremos e é por isso que o minimalismo abrange áreas como a organização do espaço em que vivemos, gastar dinheiro de forma sensata e otimização do tempo livre, atenção e esforço. Estas ideias complementam as do altruísmo eficaz…