O Manual do Altruísmo Eficaz

foto_do_manual1

Fotografia do 1.º exemplar impresso do “Manual do Altruísmo Eficaz

Ao conhecerem o altruísmo eficaz muitas pessoas demonstram interesse em ter uma ideia mais clara de seus pressupostos e fundamentos e de como ser um membro ativo desse movimento. Muitos textos já foram escritos sobre como podemos tentar fazer o maior bem possível. Os ensaios considerados mais relevantes foram recentemente reunidos em um livro — com a organização de Ryan Carey.

Dedicado especialmente a quem acabou de entrar em contato com estas idéias, apresentamos agora a versão lusófona do Manual do Altruísmo Eficaz.

Segue-se uma síntese do seu conteúdo:

Introdução

O Manual do Altruísmo Eficaz tem uma introdução bastante didática escrita por William MacAskill e Peter Singer, fundadores do movimento, e que pretende dar resposta a questões como:
– O que é o altruísmo eficaz?
– O que fazem os altruístas eficazes?
– De onde surgiu a ideia do altruísmo eficaz?
– Como posso participar?

O restante da obra está dividido em cinco partes:

Parte I

A primeira parte nos dá uma visão geral sobre as idéias que suportam o altruísmo eficaz, sobre a motivação de ser altruísta e porque nos devemos importar com a eficácia das boas ações. 1) Coloca-se então à consideração do leitor a obrigação moral de usar uma parte significativa dos nossos recursos para ajudar os outros (Peter Singer); 2) explica-se como o altruísmo eficaz se diferencia das formas convencionais de ajuda (William MacAskill); 3) como podemos superar as nossas más escolhas altruístas (Eliezer Yudkowsky); 4) e como não tornar tudo isso um enorme sacrifício mas sim uma forma estimulante de melhorar o mundo e inspirar os outros a fazê-lo também (Julia Wise).

Parte II

A segunda parte é dedicada à questão da avaliação de instituições de caridade. Cada capítulo aborda os problemas e as possíveis soluções para respondermos à questão de como perceber se uma organização é mais eficaz do que outras. Assim, 5) é feita uma introdução à “caridade eficiente” — a tentativa de maximizar o impacto das nossas doações (Scott Alexander); 6) é feita uma crítica a um dos critérios comumente usados na avaliação das instituições de caridade — as suas despesas gerais (Dan Pallotta); 7) é feita uma abordagem geral à questão de lidarmos com problemas dos quais temos pouco conhecimento (Holden Karnofsky); 8) é discutida a dificuldade e a importância de tentarmos quantificar os benefícios que produzimos (Katja Grace); 9) é feita a recomendação das melhores instituições de caridade avaliadas pela GiveWell (Elie Hassenfeld).

Parte III

A terceira parte apresenta a escolha de carreira como uma forma possível de intervir como altruísta eficaz. Sendo que podemos moldar nossa vida profissional para ajudar verdadeiramente aos demais. Assim, 10) são apresentados os argumentos fundamentais que suportam a ideia de ganhar para dar (William MacAskill); 11) são descritas as potencialidades da investigação científica para fazer uma enorme quantidade de bem (Carl Shulman); 12) é descrito o tipo de avaliação do impacto social de diferentes carreiras e são listados os melhores percursos profissionais segundo a avaliação da 80 000 Hours (Ben Todd).

Parte IV

A quarta parte traz ao debate a priorização de causas. Com tantos problemas a serem resolvidos no mundo, precisamos decidir quais são os mais urgentes e importantes. 13) São apresentadas razões para se aliviar a pobreza nos países pobres em vez dos países ricos (GiveWell); 14) é apresentada uma consideração a favor de fazer crescer o movimento do altruísmo eficaz (Matt Wage); 15) é apresentado um argumento defendendo que diminuir os riscos existenciais pode ser a causa mais importante (Nick Beckstead, PeterSinger e Matt Wage); 16) é apresentada argumentação defendendo que o bem estar animal deveria ser considerado uma prioridade (Peter Singer); 17) é apresentado um sumário das quatro causas nas quais os altruístas eficazes se tendem a focar (Luke Muehlhauser).

Parte V

Na última parte do livro, sete organizações importantes no movimento do altruísmo eficaz explicam o que fazem e sugerem ações concretas que você pode fazer para melhorar o mundo: 18) GiveWell (GiveWell); 19) Giving What We Can (Michelle Hutchinson, Diretora Executiva); 20) The Life You Can Save (Charlie Bresler, Diretor Executivo); 21) 80 000 Hours (Ben Todd, Co-fundador e Diretor Executivo); 22) Charity Science (Xiomara Kikauka, Co-fundadora); 23) The Machine Intelligence Research Institute (Luke Muehlhauser, Diretor Executivo); 24) Animal Charity Evaluators (Jon Bockman, Diretor Executivo).

Índice

Introdução Peter Singer e William MacAskill

I – O QUE É O ALTRUÍSMO EFICAZ?

1 – A Criança se Afogando e o Círculo em Expansão Peter Singer
2 – O Que É o Altruísmo Eficaz? William MacAskill
3 – Negligência do Alcance Eliezer Yudkowsky
4 – Trocas Julia Wise

II – A AVALIAÇÃO DE INSTITUIÇÕES DE CARIDADE

5 – Caridade Eficaz: Faça Pelos Outros Scott Alexander
6 – Medir a As Métricas de “Eficiência” Erram o Alvo Dan Pallotta
7 – Como Não Ser um “Cavaleiro Branco de Armadura Reluzente” Holden Karnofsky
8 – Uma Estimativa é o Melhor que Temos Katja Grace
9 – Actualização das Nossas Melhores Instituições de Caridade Elie Hassenfeld

III – A ESCOLHA DA CARREIRA

10 – Para Salvar o Mundo, Não Arranje Emprego numa Instituição de Caridade: Vá Trabalhar para Wall Street William MacAskill
11 – Ciência de Alto Impacto Carl Shulman
12 – Como Avaliar o Impacto de uma Carreira Ben Todd

IV – A SELECÇÃO DE CAUSAS

13 – O Seu Dinheiro Vai Mais Longe no Exterior GiveWell
14 – A Consideração da Pressa Matt Wage
15 – Prevenir a Extinção Humana Nick Beckstead, PeterSinger e Matt Wage
16 – Especismo Peter Singer
17 – Quatro Áreas de Destaque do Altruísmo Eficaz Luke Muehlhauser

V – AS ORGANIZAÇÕES

18 – GiveWell GiveWell
19 – Giving What We Can Michelle Hutchinson, Diretora Executiva
20 – The Life You Can Save Charlie Bresler, Diretor Executivo
21 – 80.000 Hours Ben Todd, Co-fundador e Diretor Executivo
22 – Charity Science Xiomara Kikauka, Co-fundadora
23 – The Machine Intelligence Research Institute Luke Muehlhauser, Diretor Executivo
24 – Animal Charity Evaluators Jon Bockman, Diretor Executivo

Posfácio Ryan Carey

Sobre a tradução

Graças a um esforço colaborativo da comunidade lusófona temos agora uma tradução para português desta obra. Nela colaboraram o Celso Vieira (Br.), o José Oliveira (Pt.), o Luís Campos (Pt.) e o Thiago Tamosauskas (Br.). Salienta-se que esta tradução conjunta foi feita com a preocupação de oferecer uma leitura acessível a toda a comunidade lusófona, por isso, mesmo respeitando o português brasileiro (Br) ou europeu (Pt) em que inicialmente cada texto foi traduzido, as  sucessivas revisões visaram encontrar os termos que fossem comuns a ambos e, sempre que isso não foi possível, registou-se uma nota com a respectiva  variante.

Esta é a versão definitiva para impressão (incluindo a capa), mas mantém-se o acesso à primeira versão publicada na plataforma de documentos da Google. Com isso pretende-se também abrir a possibilidade de sugestões de melhoramentos. Portanto agradecemos desde já o contributo de todos.


Editado a 15 de Janeiro de 2017: actualização com a versão final para impressão (fotografia, ligações e texto respectivo)

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Anúncios

4 comentários sobre “O Manual do Altruísmo Eficaz

  1. Pingback: Recomendação de leitura: “O Maior bem que podemos fazer” de Peter Singer. | Filosofia da UFU

  2. Pingback: Trocas | Altruísmo Eficaz

  3. Pingback: A Criança se Afogando e o Círculo de Expansão | Altruísmo Eficaz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s